Prof. Dr. Osmar Castro

Especialista, Mestre e Doutor em Prótese Dentária USP

Prof.Dr. Osmar Castro é Professor do Curso de Mestrado em Prótese Dentária da São Leopoldo Mandic e autor de dois livros de Prótese Dentária. Formado há 30 anos tem consultório particular em Moema -São Paulo. (11) 55311032

Dentadura de encaixe

Dentadura de encaixe

Dentadura de encaixe

Dentadura de encaixe. Esse par de próteses totais (dentaduras removíveis) foram instaladas na semana passada em meu consultório. A paciente possuía uma prótese fixa tipo protocolo sobre 5 implantes dentários inferiores. A próteses fixa não foi bem indicada para a paciente já que ela possui dificuldade de visão e muita dificuldade em higienizar uma prótese fixa desse tipo. Além disso em pouco tempo  ocorreram vásrios desaparafusamentos dos parafusos da prótese, já que embora tenha sido instalados 5 implantes, esses apresentavam-se muito alinhados o que sobrecarregava os implantes. Além disso, devido ao tamanho maior de Cant Levers (dentes da prótese sem suporte de implantes), todo os sistema se apresentava sobrecarregado com possibilidade de fratura da prótese. Por isso indiquei a troca da prótese inferior fixa por uma prótese de encaixe conhecida como Overdenture. Foi instalada uma barra unindo os 5 implantes e 3 tipos de encaixes, sendo um clipe anterior e 2 encaixes tipo Era posterior. Esse tipo de prótese possui uma excelente retenção e estabilidade, facilita muito a higienização por ser removível, e ainda leva menos carga as implantes por serem encaixes semi-rígidos que permite um amortecimento das cargas antes se chegar aos implantes, além do que a mucosa também participa na distribuição das cargas mastigarias. Além disso aumentou-se os segundos molares que haviam sido excluídos na prótese antiga. Com o aumento de dois molares inferiores e os dois molares superiores, aumentou-se então 4 dentes a mais nesse planejamento, ganhando muito na função mastigatória. A prótese total superior foi instalada sem implantes dentários. www.odontologiacastro.com.br

Dentadura fixa e mau hálito

dentadura fixa e mau hálito

dentadura fixa e mau hálito

Dentadura fixa e mau hálito

Dentadura fixa e mau hálito: nessa foto podemos observar uma dentadura fixa conhecida como Protocolo de Branemark sobre 6 implantes dentários. Ela foi mau planejada e não foi esculpida da maneira correta impossibilitando a higienização por parte do paciente. Em decorrência disso, toda vez que o paciente se alimentava, resíduos de comida ficavam aprisionados entre a resina da prótese e a gengiva.

Mau hálito. A falta de espaços para a higienização da prótese fixa pode levar a halitose que é o mau hálito, dificultando a vida social do paciente, mas muito mais grave é a proliferação de bactérias da boca pois encontram um meio propício para se multiplicarem. Essas bactérias podem ser deglutidas aumentando o risco de doenças cardíacas.

Troca da prótese. Foi indicada a troca da prótese por uma Overdenture que é uma dentadura removível apoiada sobre implantes dentários, o que vai facilitar a higienização e melhorar a estética já que a Overdenture consegue recuperar não só os dentes, mas também o volume de osso perdido já que possui mais acrílico vestibular melhorando o suporte labial.

www.odontologiacastro.com.br

Dentadura sobre implante

Dentadura sobre implante

Professor Osmar Castro

Dentadura sobre implantes

Dentadura sobre implante O Professor Osmar Castro ministrou um curso de 8 horas na UNIVALE em Itajaí- Santa Catarina para alunos da Especialização. O tema abordado foi dentadura sobre implantes conhecida como Overdentures. Também falou sobre as próteses totais híbridas que são dentaduras apoiadas em raízes dentárias apenas como suporte, mas também como retenção através de magnetos (imãs). www.odontologiacastro.com.br

Prótese fixa X dentadura

Prótese fixa x Dentaduraprótese fixa-dentaduras

O que é melhor uma prótese fixa ou uma dentadura? Quando bem feitas as duas podem ser uma boa opção, quando mal feitas as duas podem causar sérios problemas estéticos e funcionais. Esse caso que apareceu em meu consultório em Moema na semana passada mostra uma prótese fixa sobre implantes que teve um insucesso. As setas amarelas demonstram que a prótese não assentou nos implantes deixando um espaço entre a prótese e os implantes. Isso levou a fratura de 2 parafusos dentro dos implantes e a uma reabsorção óssea que provocou a perda de um implante dentário. Para esse tipo de prótese fixa são indicados intermediários que são peças que melhoram o eixo de inserção da prótese e no caso de fratura de parafusos este não ocorrem no interior do implante e sim dentro dos intermediários, o que evita a perda do implante já que o parafuso do intermediário é mais frágil do que o parafuso que se prende ao implante, justamente para proteger o implante dentário. Além disso, o uso de intermediários corrige posições de implantes muito subgengivias (para dentro da gengiva), levando a adaptação da prótese para áreas de maior acesso a higienizarão. Por isso, um planejamento de uma prótese fixa sobre implantes deve ser o mais profundo possível, a fim de entregar próteses com grande durabilidade e que promovam a saúde bucal. www.odontologiacastro.com.br

Carga imediata

https://youtu.be/VMogdGVbFCo

Carga Imediata

“A pressa é inimiga da perfeição”. Nossa equipe desenvolveu protocolos para realizar a carga imediata com rapidez, segurança e qualidade. A carga imediata para pacientes que usam dentaduras é a instalação de implantes dentários e no dia seguinte o paciente já sai com dentes provisórios fixos. Após 6 meses a prótese fixa provisória fixa é substituída por uma prótese fixa definitiva. Na verdade, o planejamento do caso é o ponto chave para o sucesso. Inicialmente um exame clínico e tomográfico são necessários. Após isso realizamos as terapias na prótese antiga segundo os protocolos de meu livro (Técnica da Clonagem Terapêutica em Prótese Total). Após o planejamento da Dimensão vertical de Oclusão, relação cêntrica e estética, duplicamos a prótese e fazemos o guia multifuncional  para transferir a posição e todas as informações da terapia. Instala-se os implantes dentários e no dia seguinte a prótese fixa. Como se pode observar a instalação da prótese fixa se dá de um dia para o outro, ou seja, o paciente em dois dias deixa de usar a dentadura removível e passa a ter uma prótese fixa. Mas como iniciei esse texto, não podemos ter pressa no tratamento das terapias, que vai fazer com que o paciente tenha o melhor da estética e da função para o seu caso. Por isso, através de nossa técnica da clonagem, o paciente recebe rapidamente sua prótese fixa depois da cirurgia dos implantes, agora, o tempo de tratamento dos músculos, mordida e estética ANTES da cirurgia dos implantes, não tem um tempo fixo pois vai depender de cada caso. Tratar todos os pacientes pensando em fazer rapidamente os implantes sem esse planejamento inicial, corre-se o risco de por todo o trabalho a perder. É possível fazer a Carga imediata, mas é preciso um profundo planejamento do caso para que os resultados sejam duradouros e consiga-se obter a satisfação plena dos pacientes.

Especialista em Prótese Dentária Osmar Castro.          www.odontologiacastro.com.br

Próteses com implantes

Próteses com implantes

prótese com implantes

Prótese com implantes

Próteses com implantes: Próteses dentárias totais  (dentaduras) inferiores é uma das próteses mais difícieis de se realizar. Na prótese superior a língua auxilia a retenção empurrando a prótese contra o palato (céu da boca) assentando a prótese a cada deglutição. Na prótese total inferior (dentadura), a cada deglutição e fonética a língua tende a deslocar a dentadura para cima desalojando-a de sua posição. Nessa foto foi instalado dois implantes dentários e uma barra foi confeccionada para unir os implantes e servir de retenção para um clipe que ficará unido à prótese. Esse sistema conhecido como barra-clipe  necessita da instalação de pelo menos 2 implantes e confere uma retenção muito maior do que as próteses totais convencionais (dentaduras). Esse tipo de prótese é conhecida como Overdenture, e além de conferir uma maior retenção a prótese também diminui a perda óssea do osso mandibular. A cirurgia de instalação de implantes dentários, para ser indicada, primeiramente solicita-se uma tomografia computadorizada tipo Cone bean, pois só com esse exame é possível se determinar a largura e altura dos implantes. A radiografia panorâmica não se presta para se planejar uma cirurgia de implantes já que ela não determina a largura óssea, só a altura, além do que a imagem está aumentada e distorcida. Após a análise da tomografia é necessário exames de sangue pré-operatórios para determinar se o paciente não possui alguma alteração que poderia levar a perda da osseointegração (união do implante ao osso). Se os exames de sangue estiverem normais pode-se marcar a cirurgia para a instalação dos implantes. A instalação de 2 implantes demora em torno de 34 a 40 minutos. De 1 a 3 meses depois, dependendo do tipo de implante, já é possível confeccionar a barra e a prótese nova (Overdenture). www.odontologiacastro.com.br