Prof. Dr. Osmar Castro

Especialista, Mestre e Doutor em Prótese Dentária USP

Prof.Dr. Osmar Castro é Professor do Curso de Mestrado em Prótese Dentária da São Leopoldo Mandic e autor de dois livros de Prótese Dentária. Formado há 30 anos tem consultório particular em Moema -São Paulo. (11) 55311032

Implante dentário

Implante dentárioImplante dentário:

O implante dentário hoje possibilitou diversos planejamentos de próteses dentárias. Esse paciente sofria a muitos anos com uma prótese removível a grampos mal planejada. Como só lhe restavam 3 dentes de um único lado e ele não queria extraí-los, instalamos dois implantes dentários do lado direito e o recobrimos com metal que atrai magneto. Do outro lado inutilizamos a raiz do meio que estava mais comprometida e a recobrimos com amálgama. As outras raízes dentárias melhores unimos com metal que atrai magneto. Uma prótese total removível com 4 magnetos foi instalada sendo que dois apoiados em implantes dentários e dois em raízes naturais, esse tipo de prótese dentária é conhecida como prótese total híbrida ou dentadura híbrida. Acompanho esse caso a 9 anos sem necessidade de nenhuma modificação. Os magnetos não levam cargas laterais prejudiciais aos dentes, em compensação os 4 magnetos possuem uma força de atração de 2 kilogramas força. Isso permite que o paciente mastigue com segurança, preserva o osso e facilita a higienização por ser removível. Esse planejamento permite que, caso o paciente venha a perder seus dentes naturais, novos implantes dentários sejam realizados transformando a prótese em uma Overdenture ou uma dentadura fixa (prótese tipo protocolo). Esse planejamento foi bastante conservador, ao invés de extrairmos os dentes e pensarmos só nos implantes, a preservação dos dentes mantém a propriocepção através dos ligamentos periodontais, permitindo um melhor controle das forças mastigatórias durante a deglutição e alimentação. Esse caso foi realizado pelo Especialista em Prótese Dentária Osmar Castro. www.odontologiacastro.com.br

Dente de resina ou porcelana?

Dente de resina ou porcelana?

Dentes resina ou porcelana?

Dentes de Resina ou porcelana?

Dentes de resina ou porcelana? O especialista em Prótese Dentária Osmar responde: próteses totais parafusadas em implantes dentários podem ter dentes em resina acrílica ou cerâmica (porcelana). A cerâmica tem uma ótima estabilidade de cor, já a resina com o passar do tempo tem alterações de cor devido a absorção de fluídos bucais. O desgaste dos dentes de cerâmica são praticamente zero pois estes são mais duros que o próprio esmalte, isso é vantajoso quando não há perda da DVO que mantém a altura do terço inferior da face, por outro lado, o desgaste dos dentes em resina acrílica ajudam a absorver o impacto das cargas mastigatórias, aliviando um pouco a carga sobre os implantes dentários.

Os dentes de porcelana são mais susceptíveis a fraturas e de difícil reparo, essa sem dúvida é uma grande desvantagem já que nesses tipos de próteses sobre implantes todos os dentes estão unidos e uma fratura poderá levar a necessidade da troca total da prótese. Os dentes de porcelana tem uma gama maior de cores e pigmentos e podem ser mais caracterizados esteticamente. Já os dentes de resina acrílica são pré-fabricados e tem uma menor possibilidade de forma e tamanhos. A prótese total em cerâmica sobre implantes é mais pesada que a de resina acrílica, e seu custo é maior quando comparado a um trabalho em resina acrílica. O dentista deverá analisar vários fatores para escolher entre dentes em resina acrílica ou de cerâmica: a quantidade de implantes, o tamanho dos implantes, presença ou ausência de hábitos parafuncionais (bruxismo, apertamento dentário), força muscular mastigatória e dentes antagonistas. Professor de Prótese Dentária Osmar Castro, Clínica Odontológica em Moema.

www.odontologiacastro.com.br

Especialista em Prótese dentária

protese dentariaEspecialista em Prótese dentária responde:

É possível readaptar uma prótese antiga enquanto faço uma  nova?

Sim, é possível e devemos sempre    fazer. Veja esse caso, o paciente chegou com uma prótese contaminada e sem retenção. Em uma única sessão através de uma readaptação o paciente já saiu com retenção e conforto. A prótese será uma dentadura completa mas o paciente ainda usava uma prótese parcial removível que foi sendo acrescentada de dentes a medida que estes foram sendo perdidos. Removi toda a resina antiga contaminada, acrescentamos o palato (céu da boca) e fizemos uma readaptação total da parte interna. Após a observação clínica, essa prótese provisória será duplicada (técnica da clonagem terapêutica) através da técnica de nosso livro, e uma nova prótese total (dentadura) será confeccionada.

A técnica que utilizo: Clonagem terapêutica para próteses totais e Overdentures. Meus  dois livros de prótese explicam todas as fases que aplico de terapia ANTES da confecção das próteses novas. Um dos livros foi publicado em 2009 e o segundo em 2015, mas aplicamos essa técnica a mais de 25 anos com resultados maravilhosos.

Protótipo: Uma das vantagens da terapia é construir um protótipo da futura prótese, assim o paciente consegue ter uma adaptação mais rápida e com mais conforto quando receber as próteses dentárias novas.

www.odontologiacastro.com.br

Professor de prótese dentária

Professor de prótese dentária

professor prótese dentária

professor prótese dentária

professor de protese dentaria

professor de prótese dentária

Professor de Prótese Dentária

O professor de prótese dentária Osmar Castro ministrou essa semana uma aula de 8 horas sobre “Estética em reabilitações proféticas para Prótese totais (dentaduras), próteses tipo Overdentures (dentadróteses tipo protocolo (dentadura fixa presa em implantes dentários), próteses totais híbridas (dentaduras removíveis apoiada em dentes naturais), próteses bucomaxilo e próteses fixas cerâmicas). Abordou conceitos novos para se reabilitar próteses através de trabalhos seus de pesquisa como sua tese de Mestrado e Doutorado e mais de 10 trabalhos científicos publicados sobre o assunto. A aula foi dada para os alunos de Mestrado em Prótese Dentária.

Professor de prótese dentária Osmar Castro ministra cursos em várias cidades brasileiras ensinando uma técnica própria de prótese dentária. A técnica da Clonagem Terapêutica pode ser utilizada em próteses totais (dentaduras), próteses fixas tipo protocolo (dentaduras parafusadas), próteses apoiadas em implantes dentários (Overdentures) ou próteses fixas de porcelana.

Curso de mestrado: Osmar é professor do curso de Mestrado em Prótese dentária da São Leopoldo Mandic em São Paulo e do curso de Especialização em Prótese dentária da Inepo, também em São Paulo.

Consultório Particular: Professor Osmar Castro possui consultório em São Paulo (Moema) onde faz exclusivamente próteses dentárias.

www.odontologiacastro.com.br

Prótese dentária: infecção

Prótese dentáriaPrótese dentária: infecção

Prótese dentária: infecção. Essa semana apareceu em meu consultório uma paciente com mais de 80 anos usando essas próteses. Toda a área escura são colônias bacterianas que colonizaram o interior da resina acrílica da prótese dentária. Quando se usa próteses contaminadas o número de bactérias presentes na boca aumenta sensivelmente. Além disso a deglutição constante dessas bactérias podem causar doenças do trato gastrointestinal. Principalmente em pacientes idosos as próteses dentárias devem ser trocadas com freqüência e também controles períodicos no dentista é recomendado. O sistema imunológico do paciente idoso tem uma diminuição com o passar dos anos e todo cuidado com sua saúde bucal deve enfatizada.

Infecção: Uma prótese dentária em acrílico com pontos pretos pode ser um dado clínico que a resina está infectada. Uma prótese com essas colônias bacterianas podem aumentar em 10 vezes a quantidade de bactérias da flora bucal. É importante o paciente fazer visitas semestrais ao dentista para que ele possa refazer o polimento da prótese mantendo-a o mais lisa possível diminuindo assim a aderência das bactérias na prótese.

Áreas de depósito de alimentos: Próteses feitas em laboratórios sem conhecimento científico acabam produzindo próteses dentárias com buracos entre os dentes que acabam virando depósito de alimento, favorecendo a proliferação de bactérias e causando mau hálito.

www.odontologiacastro.com.br

Dentadura com implantes

Dentadura com implanteDentadura com implante

 

Dentadura com implante: uma dentadura apoiada em implantes aumenta a retenção e a estabilidade de uma dentadura, além de evitar ou diminuir a reabsorção óssea. Mas toda dentadura que será apoiada com implantes precisa de um planejamento preciso para que funcione bem. Essa semana apareceu esse caso em meu consultório odontológico em Moema. A reclamação da paciente era que dos 4 implantes dentários o dentista tinha conseguido apoiar apenas em um implante o sistema de retenção. Expliquei que pela angulação que estavam os implantes e os encaixes protéticos seria impossível utilizar os 4 devido a divergência dos componentes protéticos. Toda prótese tipo Overdenture (dentadura removível apoiada em implantes dentários) devem ter um único eixo de inserção para permitir que o paciente coloque e retire a prótese com facilidade, além do que os sistemas retentivos como os clipes,  borrachas do o’ring ou casulos plásticos do ERA tenham uma manutenção menor, pois um único eixo de inserção preserva os componentes retentivos. Nesse caso o paciente possui artrose nas mãos, o que dificulta ainda mais o uso de próteses com vários eixos de inserção, tornando esse tipo de planejamento um fracasso para o dentista e para o paciente.  O uso de barras unindo os implantes e fixando a essa barra os sistemas retentivos paralelos entre si, ou o uso de componentes protéticos angulados são soluções para resolver esse tipo de problema.

www.odontologiacastro.com.br