Prof. Dr. Osmar Castro

Especialista, Mestre e Doutor em Prótese Dentária USP

Prof.Dr. Osmar Castro é Professor do Curso de Mestrado em Prótese Dentária da São Leopoldo Mandic e autor de dois livros de Prótese Dentária. Formado há 30 anos tem consultório particular em Moema -São Paulo. (11) 55311032

Especialista Prótese Dentária responde

Desgaste dos dentes da prótese.

Os dentes de próteses totais ou pontes móveis parciais devem são de resina acrílica. Aqui no Brasil não se importa dentes de porcelana para esses tipos de próteses dentárias por não se desgastarem e transferirem a carga para o osso causando grandes reabsorções. A desvantagem dos dentes de acrílico são sua menor estabilidade de cor e o desgaste. Esse desgaste, se for pequeno, é até benéfico pois diminui as cargas sobre a gengiva. A maior causa dos desgastes não é a mastigação, e sim, hábitos parafuncionais como o apertar ou ranger dos dentes (bruxismo). Para esses pacientes deve se indicar uma placa de mordida de uso noturno sobre a prótese  para tentar conter o desgaste. Escovas duras e o uso de creme dental que contém abrasivos também podem levar a desgastes da resina acrílica. Como especialista em prótese dentária só indico e utilizo dentes de qualidade e com uma superfície endurecedora para minimizar ao máximo os desgastes.